Protagonismo na gestão é o tema do Fórum da Undime RS

10/04/2019 | Undime/ Fotos: Undime RS

Terminou na última sexta-feira (5) a 30ª edição do Fórum Estadual das Secretarias Municipais de Educação do Rio Grande do Sul e Fórum da Undime RS. O evento aconteceu no Salão de Atos da Universidade Federal do Estado (UFRGS), em Porto Alegre, como nas últimas duas edições. O tema este ano foi "Protagonismo na gestão: itinerários possíveis".

Ao todo, mais de 800 pessoas, entre Dirigente Municipais de Educação, técnicos das secretarias e convidados se reuniram parar discutir diferentes assuntos relacionados à gestão da educação nos municípios.

O presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Alto Santo (CE), Alessio Costa Lima, marcou presença no evento. Na abertura, Alessio falou da Undime, do papel da instituição e da relação com entidades que representam os prefeitos. "Nós temos três associações que representam os prefeitos no País e precisamos dialogar com as três. Infelizmente o diálogo não é tão frutífero com todas, mas por exemplo, a Frente Nacional de Prefeitos, não toma nenhuma decisão na agenda da Educação sem consultar antes a Undime. Essa é uma relação respeitosa e de parceria", disse ele ao acrescentar que a Undime tem buscado o mesmo nível de relação e de confiança com outras associações representativas de prefeitos. "A Undime é uma instituição que luta pela defesa da Educação pública municipal de qualidade. Nós sempre trabalhamos junto ao prefeito", enfatizou.

Alessio ressaltou ainda que apesar dos secretários de Educação, as vezes, levarem aos prefeitos pautas "espinhosas", é preciso considerar que a Educação é um investivemto que sempre trará bons retornos. "Nós nos colocamos sempre como aliados para contribuir com o fortalecimento da autonomia dos municípios" disse ele se referindo à relação com os prefeitos.

O evento contou ainda com a participação do presidente da Undime São Paulo, Luiz Miguel Martins Garcia, que também é Dirigente Municipal de Educação de Sud Mennucci.

Entre os assuntos abordados ao longo da programação estavam a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Referencial Curricular Gaúcho, palestras sobre a elaboração dos documentos curriculares municipais, os desafios da gestão municipal, a gestão administrativa, o financiamento e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), tendo como foco a educação Infantil.

FNDE

O Fórum contou ainda com a presença do presidente do Fundo Nacional pelo Desenvolvimento da Educação (FNDE), Carlos Alberto Decotelli. Em seu discurso, Decotelli reforçou a importância de se trabalhar pelo desenvolvimento da educação no país. Segundo ele, a autarquia tem buscado transmitir aos estados e munícipios a ideia de que o FNDE não é somente um agente repassador de recursos financeiros, mas sim um gestor estratégico que pretende contribuir para a melhoria das ações educacionais em cada parte do Brasil.

Para isso, o FNDE pretende constantemente capacitar os gestores públicos locais. Uma das propostas, alinhada em parceria com o Secretário de Estado da Educação, Faisal Karam, é utilizar o auditório e a logística da secretaria para realizar encontros com os prefeitos gaúchos que estejam com recursos empoçados nas contas e que, até então, não foram destinados à área educacional.

Nova diretoria

O Fórum terminou com a eleição eleição da nova diretoria executiva, o conselho fiscal e os membros que irão compor o colégio eleitoral, junto aos respectivos suplentes. O Dirigente Municipal de Educação de Estrela, Marcelo Mallmann, foi reeleito como presidente da Seccional pelos próximos dois anos. A Dirigente Municipal de Educação de Palmeira das Missões, Nirlene Aparecida Silveira Boeri, é a nova vice-presidente.